$wpsc_last_post_update = 1506427393; //Added by WP-Cache Manager $wpsc_last_post_update = 1506427393; //Added by WP-Cache Manager
Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/comun306/public_html/wp-content/wp-cache-config.php:2) in /home/comun306/public_html/wp-content/plugins/wp-super-cache/wp-cache-phase2.php on line 62
Aluno de Comunicação da UFS ganha prêmio no Intercom Nacional | DCOS

Aluno de Comunicação da UFS ganha prêmio no Intercom Nacional

notíciasComentários desativados em Aluno de Comunicação da UFS ganha prêmio no Intercom Nacional

O aluno de Jornalismo do DCOS Silas Brito e sua orientadora Prof. Acácia Rios foram premiados no Expocom Rio 2015 na categoria “Reportagem em Telejornalismo” com o trabalho “A Feira Nas Raízes de Itabaiana: Como seus aspectos culturais forjam a identidade local”.

A grande reportagem teve por objetivo, antes de tudo, apresentar de perto a feira de Itabaiana como a maior representação cultural da cidade. O projeto mostra a importância que a feira ainda hoje tem para milhares de famílias na cidade e para outros setores como o serviço de moto-táxi, restaurantes e lanchonetes encontrados no município. A história desse lugar e a força de trabalho dessas pessoas também são reconhecidas, pois é da feira que sai grande parte do alimento que vai para as casas de todo o estado de Sergipe e outras regiões do país. Acredita-se que o produto poderá ajudar na compreensão mais sensível quanto à questão da história da feira e da sua importância na formação da identidade do itabaianense, ao aproximar os telespectadores com histórias de vida de quem sempre trabalhou em prol do desenvolvimento da cidade.

O fato de Itabaiana ser conhecida apenas como os pequenos grupos de comunicação a divulgam; como uma cidade violenta, de corruptos, ladrões, de empresas que funcionam ilegalmente e mercadorias com notas frias, foi um dos fatores que levou Silas Brito à escolha do tema. Para ele,  sua posição como morador, pesquisador e jornalista foi de evidenciar um dos aspectos mais importantes na construção sócio histórica da identidade desse povo. Mostrar quem de fato fez a cidade crescer, e que ainda há trabalhadores honestos que levam a boa imagem de Itabaiana para os quatro cantos do país.

A Prof e orientadora Acácia Rios nos contou um pouco sobre a experiência durante a orientação do trabalho: ”Silas é natural da cidade de Itabaiana, vive a feira desde a infância e estava bastante motivado a entendê-la de um outro modo, com um olhar ao mesmo tempo de dentro e de fora, como pesquisador e futuro jornalista. Apesar de o trabalho experimental ter um peso maior que a monografia como trabalho de conclusão de curso, procurei fazer com que ambos tivessem o mesmo peso. A orientação consistiu primeiro em uma pesquisa rigorosa até esgotar as fontes documentais e iconográficas sobre as origens de Itabaiana e só depois partir para as entrevistas orais.”

Segundo Rios, o objetivo era entender de que forma a feira constitui um traço fundamental da identidade itabaianense e, para isso, criaram um projeto de pesquisa e esse processo foi delineando naturalmente o roteiro e texto da grande reportagem, para além da superfície. Usamos também a metodologia da Antropologia, fazendo trabalho de campo para a observação, o contato prévio e a escolha dos entrevistados. A ideia era fazer entrevistas lançando mão de todas as potencialidades dos feirantes, documentando aquilo que eles fazem cotidianamente para transmitir autenticidade ao espectador e o aproximasse dos aspectos simbólicos e culturais que compõem a feira. Em síntese, o trabalho foi guiado pela análise de Cremilda Medina no livro Entrevista – o diálogo possível, que foi basilar para Silas (e que tanto o fascinou!), no qual a autora afirma que, se quisermos trabalhar pela comunicação humana, proponha-se o diálogo.

Confira os 4 episódios da reportagem “A Feira Nas Raízes de Itabaiana”:

Comments are closed.

  • Agenda

    No Upcoming Events found!

© 2015 DCOS UFS. Todos os direitos reservados.